technology

Não consigo desligar do trabalho!

Julho e agosto são os meses de férias por excelência.

É neste período que a maioria dos trabalhadores usufrui do tão merecido descanso, nuns casos mais ansiado que noutros.

Em rigor, o que para uns será o momento ideal para “recarregar baterias”, para outros pode ser um período de tensão, ansiedade e preocupação com o trabalho.

É comum encontrarmos quem não consiga “desligar” o seu foco dos afazeres profissionais e, mesmo em férias, mantenha uma preocupação excessiva com o trabalho, ansiando pelo regresso à sua rotina.

Sabemos que a natureza do trabalho realizado, a responsabilidade subjacente ou a posição hierárquica influenciam, pois cargos de gestão ou direção assumem uma grande importância na estabilidade de empresas ou entidades e, por vezes, dirigentes ou responsáveis por departamentos receiam que a sua ausência comprometa a produtividade laboral.

Ainda assim, existem outros aspetos que contribuem para esta dificuldade em “desligar” do trabalho: a dificuldade em delegar tarefas ou confiar noutros outros, personalidades com maior tendência à obstinação ou obsessão, alguma rigidez cognitiva, entre outras.

Se este é o seu caso, há soluções! Não esqueça:

1) É fundamental que descanse e relaxe no período de férias;

2) Nas semanas que antecedem as férias vá preparando a sua ausência;

3) Delegue tarefas e competências. Deixe que outros possam fazer o seu trabalho;

4) Assegure que deixa as tarefas urgentes e prioritárias distribuídas por colaboradores da sua confiança;

5) Faça uma lista de assuntos a tratar quando regressar;

6) Nos primeiros dias de férias minimize o contacto com o trabalho. Gradualmente, reduza o número de vezes que vê o seu email profissional e atenda somente chamadas importantes;

7) Se mantiver preocupação com o trabalho, faça uma chamada breve para o colaborador que ficou responsável. Assim, garante que tudo decorre dentro da normalidade;

8) Deixe que façam a gestão do seu trabalho. Aprenda a confiar, pois uma desconfiança permanente pode colocar em causa boas relações profissionais. Repare que existem pessoas competentes à sua volta;

9) Não leve leituras relacionadas com o trabalho. Usar tablet e portátil aumentam a vontade em aceder ao email e contactar com o trabalho;

10) Relaxe e desfrute das suas férias.

 

 
marco
Marco Martins Bento
(psicólogo clínico e psicoterapeuta)