O Brainspotting (BSP) é uma técnica de neuroprocessamento focalizado que, através de uma posição ocular, identifica a área cerebral onde determinada experiência traumática está registada. Por meio da automonitorização e da autorregulação entre cérebro e corpo, com o BSP é possível, de forma rápida e efetiva, reprocessar experiências e memórias dolorosas que causam dor física e emocional. A utilização de sons bilaterais intensifica o efeito terapêutico.

O BSP foi desenvolvido por David Grant, em 2003, por consecutivos achados durante a sua terapia com pacientes que não evoluíam com as terapias habituais. O desenvolvimento do BSP resultou de um conhecimento neurobiológico que permitiu chegar a experiências e sintomas mais profundos, normalmente fora do alcance da mente consciente.

Com o BSP, trabalha-se com o cérebro profundo e com o corpo através do acesso direto ao Sistema Nervoso Autónomo e Límbico do Sistema Nervoso Central.

Esta ferramenta terapêutica tem resultados psicológicos, emocionais e físicos.

O BSP é indicado para todas as idades, assim como no tratamento de patologias ou na otimização de desempenhos.

Algumas das problemáticas:

  • Perturbação de Ansiedade;
  • Perturbação de Pânico;
  • Fobias;
  • Perturbação Depressiva;
  • Perturbação Bipolar;
  • Traumas e Stress Pós-Traumático;
  • Problemas de sono;
  • Enxaqueca;
  • Dor Crónica;
  • (…)

Para mais informações: https://brainspotting.com

 

Sugestão de Leitura:

 

Terapeuta:

marco

Marco Martins Bento